7 principais vantagens da telemedicina

7 principais vantagens da telemedicina

Após a pandemia provocada pelo novo coronavírus e com o surgimento de novas tecnologias, a telemedicina se tornou cada vez mais popular – e importante.

Isso teve um efeito profundo no setor de saúde como um todo, tanto para os pacientes quanto para os profissionais de saúde. Existem inúmeras vantagens na telemedicina, algumas das quais não são necessariamente óbvias à primeira vista.

À medida que a tecnologia continua a se desenvolver e expandir em um ritmo cada vez maior, inovações possibilitaram e incentivaram a disseminação da telemedicina. A telemedicina utiliza a internet para a realização de videoconferências, troca de imagens e mensagens de voz, entre outras tecnologias de telecomunicações para fornecer assistência médica – consultas, prescrições, diagnósticos e muito mais – de onde o médico estiver para qualquer outro lugar do mundo.

Como dissemos, a telemedicina se tornou cada vez mais popular e cada vez mais importante nos últimos tempos. Muitas empresas e organizações estão começando a perceber os benefícios da telemedicina e a oferecer serviços de telemedicina para seus pacientes.

De fato, a telemedicina é uma das forças mais poderosas que está remodelando os setores de saúde e bem-estar atualmente, tanto para pacientes quanto para profissionais de saúde.

Do ponto de vista dos pacientes e do que a telemedicina significa para eles, existem inúmeros benefícios óbvios. Esses benefícios ajudam a explicar a crescente popularidade da telemedicina e fornecem pistas sobre onde é provável que a trajetória do desenvolvimento da telemedicina nos leve em um futuro próximo.

Quer saber mais sobre as principais vantagens da telemedicina? Então confira o conteúdo que preparamos sobre o tema!

A telemedicina aumenta o acesso aos cuidados

1. A telemedicina aumenta o acesso aos cuidados

A telemedicina permite que você obtenha assistência médica a qualquer momento e em qualquer lugar, desde que você tenha uma conexão com a Internet.

Isso permite que um número maior de pessoas acesse os serviços de saúde com significativamente menos problemas. Isso é especialmente útil para pessoas com mais necessidades de assistência médica, mas também com dificuldade em obter os cuidados de que precisam, como idosos ou pessoas com deficiência.

Um dos benefícios mais óbvios e generalizados à crescente importância da telemedicina é que ela aumenta muito o acesso aos cuidados. O número de médicos e profissionais de saúde no mundo é limitado, assim como os locais em que eles praticam. A telemedicina pode levar um médico ou profissional de saúde para sua casa ou escritório a partir de qualquer lugar do mundo, desde que você tenha uma conexão à internet e um dispositivo apropriado, como notebook, computador, tablet ou smartphone.

O aumento da acessibilidade proporcionada pela telemedicina ajuda a nivelar os atendimentos, permitindo que um número maior de pessoas tenha acesso aos cuidados de saúde com mais frequência e de forma abrangente. Isso é especialmente valioso no mundo em desenvolvimento, bem como para pacientes com certos problemas. Como dissemos, os deficientes, idosos e outros grupos demográficos que, de outra forma, teriam dificuldade em ir fisicamente ao consultório médico ou ficar esperando por horas, geralmente podem ser melhor atendidos com consultas de telemedicina em muitos casos.

Também é um grande benefício para áreas rurais ou remotas, onde pode haver poucos ou nenhum profissional de saúde em uma grande área geográfica e acesso mínimo ao transporte para procurar um médico a uma hora ou mais de distância de sua casa.

Embora isso possa parecer um problema dos países do terceiro mundo, a telemedicina ajuda a eliminar esses obstáculos no acesso aos cuidados por todo mundo, incluindo os países mais desenvolvidos.

A telemedicina melhora a qualidade do cuidado

2. A telemedicina melhora a qualidade do cuidado

Pesquisas indicam que a telemedicina não apenas aumenta o acesso aos cuidados de saúde para mais indivíduos, como também melhora a qualidade dos cuidados que os pacientes recebem. As pesquisas indicam que os pacientes de telemedicina tiveram menos internações, eram mais propensos a passar menos dias no hospital e estavam mais envolvidos com seus cuidados de saúde.

Naturalmente, ao considerar os benefícios e vantagens da telemedicina, um melhor atendimento talvez seja o resultado final mais importante. No entanto, isso pode parecer contrário à lógica – como a medicina remota pode melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes em vez de consultas médicas presenciais? A resposta é que a telemedicina não substitui esse tipo de visita, mas esse tipo de visita não costuma ser o que os pacientes precisam.

Certamente, para testes físicos ou químicos, como coleta de amostras de sangue, uma consulta de telemedicina não será suficiente. No entanto, a grande maioria das interações na área da saúde não exige testes de laboratório ou mesmo exames físicos. Isto é especialmente verdadeiro em saúde mental, geriatria e outras especialidades.

Os estudos sobre os resultados da telemedicina confirmam essa realidade. Os pacientes de telemedicina que optam por parte de seus cuidados via tecnologia de telemedicina tendem a ter taxas mais baixas de internação hospitalar, períodos mais curtos de internação em hospitais e são mais engajados e ativistas em seu próprio estado de saúde.

Essas são vantagens claras da telemedicina que beneficiam muito os pacientes e o sistema de saúde como um todo.

A telemedicina reduz os custos em saúde

3. A telemedicina reduz os custos em saúde

A telemedicina costuma ser significativamente menos dispendiosa do que as consultas presenciais tradicionais, tanto para os pacientes quanto para os médicos.
Para a maioria dos pacientes, onde o custo do atendimento geralmente pode ser uma barreira para obter tratamento ou diagnóstico, a economia de custos pode ser um exemplo importante das vantagens da telemedicina.

Não deve ser surpresa para quem já pagou uma consulta médica ou hospitalar que eles possam ser mais caros. Mesmo com o plano de saúde, os compromissos presenciais podem aumentar, com co-participações onerosas, mesmo que aconteça nada de errado ou nenhuma prescrição, acompanhamento, teste ou outras informações sejam retiradas do compromisso.

Isso faz sentido até certo ponto – médicos, enfermeiros e equipe de saúde são limitados e só podem receber um número específico de pacientes em um determinado dia. Os consultórios precisam ser pagos, os salários da equipe, o equipamento, entre outros, mesmo que um determinado paciente não utilize nenhum desses custos ou serviços.

Por outro lado, a telemedicina costuma ser significativamente menos dispendiosa do que as consultas presenciais tradicionais. Os médicos podem atender mais pacientes, reduzir ou compensar os custos indiretos e economizar pacientes que perdem o tempo de trabalho por ficarem esperando por horas na sala de espera. Tudo isso resulta em economia de custos não trivial. 

A telemedicina facilita a comunicação direta

4. A telemedicina facilita a comunicação direta

A telemedicina conecta os pacientes diretamente com seus médicos e outros profissionais de saúde.

Isso é especialmente útil quando o paciente tem dúvidas, mas não precisa necessariamente de uma consulta completa, como, por exemplo, se tiver perguntas de acompanhamento sobre um novo medicamento.

Essa comunicação rápida, remota e direta não é apenas um exemplo das vantagens da telemedicina para os pacientes, mas também para médicos e profissionais de saúde.

Uma das queixas mais comuns entre os pacientes é que eles não têm tempo de face suficiente para realmente se comunicar com seu médico ou profissional de saúde. Muitas vezes, a grande maioria do tempo gasto no consultório médico, o paciente fica na sala de espera ou sozinho na sala de exames. Você pode ter alguma interação com uma enfermeira ou outra equipe e consultar o médico apenas por alguns minutos – apesar de toda a consulta demorar cerca de duas ou três horas do dia.

A telemedicina ajuda a corrigir esse limite de comunicação direta. Coloca os pacientes em contato com os médicos, especialistas ou profissionais de saúde que os estão tratando. Os pacientes podem fazer perguntas e obter respostas, sem as esperas, custos ou outros problemas inerentes à consulta presencial.

Assim, a telemedicina torna muito mais fácil para os pacientes conversar diretamente com seu médico ou profissional de saúde, fazer os ajustes de que precisam e seguirem com suas vidas.

A telemedicina proporciona ótimos resultados em saúde mental

5. A telemedicina proporciona ótimos resultados em saúde mental

O atendimento em saúde mental é outra área em que a telemedicina demonstrou ter um impacto real e significativo no atendimento ao paciente.

Grande parte dos cuidados de saúde mental que ocorrem não requerem exames físicos – normalmente é feito por terapia de fala ou avaliações e gerenciamento de medicamentos.

Isso faz com que os cuidados de saúde mental sejam um dos principais candidatos à telemedicina. Reduz a necessidade de viagens, o tempo perdido nas salas de espera e os custos para os pacientes – apenas algumas das vantagens da telemedicina para o campo da saúde mental.

Estudos demonstraram que a telemedicina é útil tanto para fins de diagnóstico e avaliação quanto para muitos tipos de tratamento. De fato, o estudo descobriu que a telemedicina era efetivamente uma importante parte do tratamento em saúde mental para muitos pacientes.

Ela pode ser usada como uma opção autônoma ou para diminuir as visitas presenciais tradicionais ao consultório, reduzindo a frequência, o custo, o tempo de viagem e outros encargos para os pacientes, enquanto fornece remotamente a mesma qualidade de atendimento.

A telemedicina facilita o tratamento medicamentoso

6. A telemedicina facilita o tratamento medicamentoso

Geralmente, existem muitas etapas envolvidas na obtenção de medicamentos, mas a telemedicina torna significativamente mais fácil para os pacientes obter e reabastecer as suas prescrições.

Para muitos pacientes, o que realmente se destaca na telemedicina é a maneira como facilita a obtenção dos medicamentos que eles precisam para gerenciar sua saúde e bem-estar.

Com demasiada frequência, para obter uma nova receita ou ajustar uma prescrição, os pacientes precisam passar por uma consulta médica completa. Isso consome tempo, dinheiro e também não é um ótimo uso de recursos limitados de assistência médica. As muitas etapas envolvidas na obtenção de prescrição ou gerenciamento de medicamentos podem ser bastante reduzidas e simplificadas graças à telemedicina.

Em vez de exigir uma consulta médica, a telemedicina permite que os pacientes tenham uma breve consulta remotamente com um médico e recebam sua receita, que também pode ser preenchida on-line e enviada diretamente para sua casa.

Essa não é apenas uma das vantagens da telemedicina, mas um dos benefícios mais citados para os pacientes. Muitos medicamentos podem ser enviados para pacientes sem nenhum tipo de restrição de remessa, com exceção de alguns que são mais rigorosamente controlados.

Tudo isso simplifica bastante o processo, o trabalho, o tempo e o esforço envolvido na obtenção de uma receita e no gerenciamento de medicamentos.

A telemedicina está continuamente em evolução

7. A telemedicina está continuamente em evolução

Como toda tecnologia, as possibilidades da telemedicina continuam mudando e evoluindo!

Mais interesse em telemedicina, maior conectividade, novos dispositivos e técnicas mais inovadoras significam que novos softwares e usos estão sendo criados e testados o tempo todo.

Algumas das maiores vantagens da telemedicina nos próximos anos podem ser coisas que ainda não foram consideradas. Com um aumento no uso de softwares e aplicativos desenvolvidos especialmente para a telemedicina, é provável que ainda mais pessoas possam ter acesso a serviços de saúde mais significativos, úteis e convenientes, de maneiras que ainda nem pensamos.

O futuro parece brilhante para a telemedicina e as possibilidades são quase ilimitadas de como ela poderá remodelar o setor de saúde nos próximos anos e décadas.

Agora que você já sabe sobre vantagens da telemedicina, que tal entender um pouco mais sobre como gerir as demandas do consultório à distância?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *