Como funciona o prontuário eletrônico?

Como funciona o prontuário eletrônico?

O prontuário eletrônico é um documento digital que permite aos médicos consultar, alterar ou inserir rapidamente informações sobre os seus pacientes, criando assim um registro seguro que pode ser facilmente modificado por eles a cada novo encontro ou sempre que necessário.

Os prontuários eletrônicos indicam todos os detalhes sobre um paciente, incluindo o histórico familiar, motivo da queixa inicial, diagnóstico, tratamento, medicamentos prescritos, exames laboratoriais e diversas outras particularidades necessárias para prestar a assistência médica.

A popularidade dos prontuários eletrônicos têm crescido muito nos últimos anos, isso porque eles são muito mais convenientes e seguros do que os registros antigos, baseados em papel.

Além disso, com o avanço da telemedicina, as práticas médicas passaram a utilizar os prontuários eletrônicos para controlar o acesso às informações sobre o paciente com toda a garantia de proteção dos dados sensíveis que a lei exige.

Não implementar o uso do prontuário eletrônico do paciente, hoje, significa que você corre o risco de ficar atrás de outros profissionais – ou seja, atrás dos profissionais motivados a ajudar sua equipe a trabalhar com mais eficiência e a atender melhor e mais rapidamente os pacientes.

Por isso, se você quer entender como funciona o prontuário eletrônico do paciente, confira o conteúdo que preparamos para você!

O que é o prontuário eletrônico?

O que é o prontuário eletrônico?

O prontuário eletrônico é muito mais que uma versão digital da antiga ficha de papel de um paciente! Os prontuários eletrônicos são registros em tempo real, centrados no paciente, que tornam as informações disponíveis instantaneamente e de forma segura para usuários autorizados.

Embora um prontuário eletrônico contenha os históricos médicos e de tratamento dos pacientes, um sistema com prontuário eletrônico é construído para ir além dos dados clínicos coletados no consultório médico e pode incluir uma visão mais ampla dos cuidados do paciente. Os softwares que oferecem o prontuário eletrônico do paciente podem:

  • Conter o histórico médico do paciente, diagnósticos, medicamentos, planos de tratamento, datas de imunização, alergias, imagens de radiologia e resultados laboratoriais e de testes, incluindo arquivos em áudio;
  • Permitir o acesso a ferramentas baseadas em evidências que os profissionais usam para tomar decisões sobre o atendimento de um paciente;
  • Automatizar e simplificar o acesso ao prontuário do paciente de qualquer local e em qualquer horário apenas com a utilização de um dispositivo com acesso à internet, como computadores, smartphones ou tablets; 
  • Garantir a segurança dos dados sensíveis por meio de recursos como a criptografia e a permissão de acesso restrita.

Os sistemas que permitem o uso do prontuário eletrônico, geralmente, são capazes de compartilhar informações com outros profissionais de saúde e organizações – como laboratórios, especialistas, clínicas de imagens, farmácias, instalações de emergência e outros – para que os documentos contenham informações de todos os envolvidos no atendimento de um paciente.

Como funciona o prontuário eletrônico?

Como funciona o prontuário eletrônico?

Se você é médico ou profissional de saúde e, após entender melhor sobre o que é o prontuário eletrônico, está com dúvidas sobre a implementação de um software que permite a utilização deste recurso, saiba mais sobre como ele funciona e conheça algumas das várias alternativas que ele fornece.

Segurança

Hoje em dia, basta acompanhar o noticiário para ver relatos de consultórios, hospitais e clínicas médicas cujos computadores foram invadidos, mantendo os dados dos pacientes expostos e às vezes até sendo utilizados em troca de recompensa.

As organizações médicas que mantêm dados confidenciais sobre os pacientes são obrigadas a protegê-los com medidas robustas de segurança ou correm o risco de violar os requisitos de privacidade impostos pela lei.

Um software médico precisa ser fortemente protegido por criptografia e, desta forma, os médicos, assistentes e enfermeiros autorizados podem acessar dados do paciente em dispositivos, como smartphones, tablets e laptops de forma segura.

Relatórios automatizados

Os relatórios de rotina que você ou a sua equipe costumam elaborar serão criados com muito mais facilidade quando você implementar um software para a gestão das práticas médicas!

Esteja você acompanhando os resultados dos pacientes, verificando quantas desistências você obteve em uma semana ou mês específico ou simplesmente interessado em ver quais pacientes são mais lentos para pagar do que outros, você poderá criar rapidamente documentos personalizados sobre esses tópicos e muito mais. Tudo isso, graças aos recursos facilmente configuráveis de relatórios automáticos.

Prescrição Eletrônica

Economize o seu tempo e o tempo dos seus pacientes enviando prescrições eletrônicas de onde estiver!

Além de prática, a prescrição eletrônica é muito utilizada em atendimentos por telemedicina e também reduz os erros de interpretação durante as tentativas de leitura do paciente ou do farmacêutico.

A informatização dos detalhes da prescrição também ajuda a identificar possíveis contra-indicações ao prescrever vários medicamentos de uma vez só – além de levar em consideração o uso de medicamentos e suplementos que são vendidos sem receita, muitas vezes consumidos pelos pacientes.

Como dissemos anteriormente, além desses recursos, o prontuário eletrônico contém informações de saúde do paciente, como:

  • Dados administrativos e de cobrança;
  • Dados demográficos dos pacientes;
  • Notas de progresso;
  • Sinais vitais;
  • Histórico médico;
  • Diagnósticos;
  • Medicamentos;
  • Datas de imunização;
  • Alergias;
  • Imagens de radiologia;
  • Resultados de laboratórios e testes.

Desta forma, um prontuário eletrônico é mais do que apenas uma versão computadorizada de um prontuário de papel. É um registro digital que pode fornecer informações abrangentes sobre a saúde de seus pacientes.

Quais as vantagens do prontuário eletrônico?

Quais as vantagens do prontuário eletrônico?

Como dissemos, os prontuários eletrônicos são registros médicos que podem ser acessados em tempo real, centrados no paciente, que tornam as informações disponíveis instantaneamente e de forma segura para os usuários autorizados.

Embora um prontuário eletrônico contenha os históricos médicos e de tratamento dos pacientes, um sistema de prontuário eletrônico é desenvolvido para ir além dos dados clínicos coletados no consultório de um médico e pode incluir uma visão mais ampla do atendimento de um paciente.

Nosso mundo foi radicalmente transformado pela tecnologia digital – smartphones, tablets e dispositivos habilitados para a internet transformaram nossas vidas e a maneira como nos comunicamos e gerimos informações. Neste ponto, vale ressaltar que os estabelecimentos médicos são empresas ricas em informações sobre os pacientes.

Um fluxo maior e mais contínuo de informações em uma infraestrutura digital de saúde, criado a partir de prontuários eletrônicos, engloba e aproveita o progresso digital e pode transformar a maneira como os atendimentos são prestados.

Com os prontuários eletrônicos, as informações estarão disponíveis quando e onde forem necessárias. Desta forma, é possível:

  • Oferecer o melhor atendimento ao paciente;
  • Aumentar o envolvimento e a satisfação do paciente;
  • Garantir uma coordenação de atendimento aprimorada;
  • Garantir diagnósticos mais eficientes e mais resultado aos pacientes;
  • Ter uma rotina mais eficiente e garantir uma economia de custos.

Ter a capacidade de trocar informações de saúde eletronicamente pode ajudá-lo a fornecer um atendimento mais seguro e com mais qualidade aos seus pacientes, ao mesmo tempo em que cria aprimoramentos tangíveis para a sua organização.

Os prontuários eletrônicos ajudam os profissionais a gerenciar melhor o atendimento aos pacientes e a oferecer melhores serviços de saúde por:

  • Fornecer informações precisas, atualizadas e completas sobre os pacientes;
  • Permitir acesso rápido aos registros do paciente para um atendimento mais coordenado e eficiente;
  • Garantir o compartilhamento seguro de informações eletrônicas com pacientes e outros médicos;
  • Ajudar os profissionais a diagnosticar com mais eficiência os pacientes, reduzir erros médicos e fornecer atendimento mais seguro;
  • Melhorar a interação e a comunicação entre o paciente e o profissional de saúde, bem como a conveniência dos cuidados de saúde;
  • Permitir a prescrição de medicamentos mais segura e confiável;
  • Ajudar a promover documentação completa e legível e cobranças precisas e simplificadas;
  • Aprimorar a privacidade e a segurança dos dados do paciente;
  • Ajudar os fornecedores a melhorarem a produtividade e o equilíbrio entre vida profissional e pessoal;
  • Permitir que os profissionais de saúde melhorem a eficiência e atendam às suas metas de negócios;
  • Garantir a redução de custos e o aprimoramento da economia.

O prontuário eletrônico é o primeiro passo para transformar os cuidados de saúde em seu consultório ou clínica médica.

Uma das melhores maneiras de garantir que você aproveite ao máximo os benefícios do prontuário eletrônico é obter um uso significativo deste recurso. Desta forma, você poderá colher benefícios que vão muito além dos incentivos financeiros.
Agora que você já sabe como funciona o prontuário eletrônico, que tal entender um pouco mais sobre como escolher o melhor sistema para a prática da telemedicina?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *