Por que a telemedicina veio para ficar?

Por que a telemedicina veio para ficar?

Provavelmente, ao chegar até aqui, você já ouviu muita coisa sobre a telemedicina e, por isso, pode ser que esteja pensando seriamente em adicionar serviços de atendimento remoto à sua prática médica.

Mas o que os médicos nem sempre param para se perguntar é exatamente como a adoção da telemedicina é benéfica para todos: você, seus pacientes, sua equipe e até mesmo para os planos de saúde.

Dado o contexto, se você quer saber mais sobre por que a telemedicina veio para ficar, confira o conteúdo que preparamos sobre o tema!

A rápida ascensão da telemedicina

A rápida ascensão da telemedicina

A telemedicina está se expandindo! Os serviços de telemedicina cresceram 44% nos últimos cinco anos, com uma receita total do mercado de dois bilhões de dólares em 2018.

Ou seja, estes dados foram coletados muito antes da pandemia causada pelo novo coronavírus em 2020 – que impulsiona ainda mais a ascensão da telemedicina.

A previsão, independentemente da crise de saúde, já era que a demanda pelos teleatendimentos médicos iria disparar. Os pacientes millennials e da geração Z estão procurando, cada vez mais, médicos que oferecem atendimentos online.

Na outra ponta geracional, o envelhecimento da população pode superar o número de crianças. Estudos demográficos sugerem que a economia da Europa, por exemplo, entrará em crise à medida que sua força de trabalho encolher e os idosos demandarem serviços de saúde mais caros.

Os pacientes idosos costumam ter dificuldade em comparecer às consultas no consultório, mas precisam de cuidados frequentes, o que torna a telemedicina um modelo de prestação de serviços conveniente para cuidar deles.

Essas são apenas algumas das dinâmicas e desafios podemos analisar! Ou seja, também podemos traçar a evolução da telessaúde e demonstra as vantagens da telemedicina, como:

  • Conhecimento médico para comunidades carentes;
  • Colaboração e percepções mais profundas em todo o processo de atendimento;
  • Gerenciamento mais inteligente;
  • Melhor acompanhamento de pacientes com doenças crônicas;
  • Entre outras.

Redução dos custos envolvidos no atendimento médico

Você pode estar se perguntando: por que a telemedicina e por que agora?

Um dos principais motivos é óbvio! Basta analisar os custos de saúde e as formas como a telemedicina pode aliviar a carga financeira atual suportada por médicos, pacientes e prestadores.

A telemedicina pode diminuir os gastos dos pacientes, reduzir os custos de saúde e aumentar a receita do médico de várias maneiras, como:

  • Reduzindo o não comparecimento às consultas;
  • Eliminação de custos de transporte para consultas;
  • Aumento de encaminhamentos vindos de diferentes localidades, retenção e aquisição de pacientes;
  • Auxílio para que as clínicas supersaturadas ou dispersas possam atender mais pacientes com qualidade;
  • Entre outros.

Como a telemedicina ajuda os médicos?

Você pode estar se perguntando por que e como a telemedicina o beneficia. O que muitos médicos não percebem é que, além de melhorar radicalmente o atendimento ao paciente, a telemedicina pode ser transformadora para o equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal e, em última instância, sua satisfação no trabalho.

Considere estes benefícios da telemedicina:

  • Melhor eficiência do fluxo de trabalho;
  • Forma de evitar o esgotamento físico e mental;
  • Produtividade aumentada;
  • Flexibilidade para trabalhar em casa ou no consultório;
  • Controle sobre a programação e o tempo de inatividade;
  • Gerenciamento de tempo mais fácil para atender às necessidades e estilos de vida de seus pacientes;
  • Compensação por tempo fora do consultório que, de outra forma, poderia não ser pago;
  • Menos sobrecarga.

Se você está se perguntando por que deveria optar pela telemedicina, dê uma olhada nessa lista!

Estes são apenas alguns dos muitos benefícios que você terá ao implementar a telemedicina como parte de seu horário de trabalho regular.

Como a telemedicina beneficia os pacientes?

Você não é a única pessoa que pode se beneficiar do acesso às teleconsultas!

Para seus pacientes, a telemedicina elimina a necessidade de locomoção, longos tempos de espera em seu consultório e ainda economiza dinheiro.

Seus pacientes vão adorar a conveniência de poder lidar com problemas médicos simples, como problemas respiratórios superiores ou infecções menores, sem ter que marcar uma consulta para vê-lo.

A telemedicina também evitou idas desnecessárias ao pronto-socorro, um dos principais motivos para a ascensão da telemedicina durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Seus pacientes têm melhor acesso à você quando precisam de cuidados! Isso pode significar atender seus pacientes em horários que funcionam de acordo com sua programação e que os ajudam em uma emergência quando precisam de tratamento relativamente rápido – ou seja, sem demandar a visita ao pronto-socorro.

Acesso, conveniência e economia de tempo! É por isso que seus pacientes vão adorar as oportunidades que a telemedicina oferece. Seus incentivos se alinham aos deles e todos saem felizes do compromisso online.

Redução da sobrecarga em Pronto Atendimentos

Além de beneficiar você e seus pacientes, a telemedicina pode aliviar o estresse em salas de emergência sobrecarregadas e clínicas de atendimento de urgência – especialmente em tempos de pandemia.

Sua maior disponibilidade por meio da telemedicina libera leitos hospitalares para os pacientes que mais precisam deles, em vez de ocupá-los com pacientes que você poderia ver em poucos minutos por meio de uma consulta virtual.

Além disso, uma sala de emergência é o local mais caro para o atendimento. Reduzir essas visitas desnecessárias ao pronto socorro trabalha a favor de todos, incluindo todo o nosso setor de saúde.

7 principais motivos pelos quais a telemedicina veio para ficar

7 principais motivos pelos quais a telemedicina veio para ficar

A telemedicina não é nova, mas ganhou impulso nos últimos anos, à medida que a tecnologia relacionada à saúde possibilitou um atendimento mais centrado no paciente.

A telemedicina permite a entrega remota de serviços de saúde por meio de informações eletrônicas e tecnologias de telecomunicações, como softwares e ferramentas que necessitam apenas do uso da internet para operarem de qualquer local.

Isso significa que os pacientes podem se conectar com seus médicos por meio de uma chamada de vídeo ao vivo, conversar com por meio de um aplicativo seguro e enviar e receber cópias digitais de exames de diferentes tipos.

É uma época emocionante para se estar vivo! Na verdade, de acordo com a American Telemedicine Association, existem mais de 200 redes de telemedicina com 3.500 locais de serviço só nos EUA.

Mais da metade de todos os hospitais usam alguma forma de telemedicina. E a partir desses números, a telemedicina, às vezes chamada de telessaúde, cada vez mais, vem recebendo suporte dos planos de saúde.

Dito isso, há inúmeros benefícios para a telemedicina, então vamos analisar alguns dos motivos pelos quais ela veio para ficar!

1. Uma maneira simples de oferecer atendimento médico

Para quem vive em grandes áreas metropolitanas, encontrar um médico pode parecer uma tarefa fácil! No entanto, para aqueles que vivem em áreas rurais, por exemplo, pode ser difícil encontrar médicos locais e, principalmente, especialistas.

A telemedicina permite que essas pessoas acessem facilmente os médicos e pode reduzir os custos desnecessários relacionados à saúde – como viagens até as cidades maiores, por exemplo.

2. Melhor acesso dos pacientes aos especialistas

Como dissemos, a telemedicina também facilita o acesso a especialistas, principalmente para quem mora em cidades pequenas.

Especialistas são mais difíceis de encontrar e, por isso, um especialista pode estar bem distante.

A rede de busca fica menor quando se trata de quem precisa da ajuda de um especialista para condições muito específicas ou raras, onde há apenas um número limitado de especialistas com o nível de conhecimento adequado.

A telemedicina permite o acesso a esses especialistas e pode facilitar conexões seguras para que os pacientes possam se consultar.

3. Agendamento mais fácil

Todos nós já passamos por isso: você precisa marcar uma consulta médica, mas sua agenda é uma loucura, então a consulta precisa acontecer na próxima semana.

Você liga para o consultório médico apenas para descobrir que a primeira consulta disponível é daqui a duas semanas e meia.

Se você for um novo paciente, pode demorar ainda mais, especialmente quando você leva em consideração o tempo necessário para transmitir as informações do plano para garantir que esse médico em particular aceita o seu.

Mesmo assim, a primeira data disponível pode ser em horários inoportunos, exigindo que o paciente tire uma folga do trabalho ou faça trocas com outras partes de sua agenda.

É um processo desgastante. A telemedicina geralmente permite compromissos no mesmo dia ou no dia seguinte devido à sua natureza conveniente.

Na maioria dos casos, você pode examinar a agenda do médico de forma online e selecionar um horário conveniente por conta própria, sem ter que ligar para um consultório ou ficar em espera.

4. Conversas diretas entre médico e paciente

Em alguns casos, o seu paciente pode não precisar de uma consulta presencial completa com você.

Talvez ele só queira verificar ou fazer perguntas sobre resultados laboratoriais recentes ou sobre um novo medicamento que você iniciou.

Sem os serviços de telemedicina, isso exigiria no mínimo que ele ligasse para o seu consultório para iniciar um jogo de “retransmitir a mensagem” com a pessoa responsável pela recepção, por exemplo.

Com a telemedicina, você pode conversar diretamente com seu paciente por meio de um software seguro. Isso não é apenas mais conveniente, mas permite também que o seu paciente acesse você diretamente para obter as respostas que precisa.

5. Conexão segura de onde estiver

Você não teria como perder um atendimento médico que acontece dentro de sua própria casa, certo? Como autônomo, coordenar as atividades em sua casa é uma vantagem.

Com a telemedicina não é diferente. Assim como você é capaz de atender de qualquer local, o seu paciente pode estar muito doente para se aventurar ao consultório médico ou pode estar doente nas férias ou em algum lugar que o impeça de o encontrar presencialmente.

A telemedicina permite que você se conecte ao seu paciente por meio de uma conexão com a internet de qualquer lugar, para que possa fornecer os cuidados que ele precisa.

7. Segurança dos dados confidenciais do paciente

Pode parecer bobagem, mas tem sido um desafio bloquear os prontuários dos pacientes em um sistema de saúde que depende de recursos que não foram desenvolvidos para este fim ou registros offline, como papéis, para transmitir informações importantes sobre saúde.

À medida que as instituições de saúde passam por uma transformação digital, a maior parte desses dados fica disponível em formato digital.

A telemedicina facilita a transmissão segura desses registros por meio de softwares especialmente desenvolvidos para garantir o excelente atendimento médico à distância.

Agora você pode pesquisar, visualizar e enviar informações médicas e formulários. Não é mais necessário depender da presença em centros de saúde e consultórios para ter acesso às informações de saúde dos seus pacientes.

Algumas pessoas podem levar algum tempo para se ajustar a essa nova maneira de fazer as coisas. Muitos ainda preferem se encontrar pessoalmente para todas as interações relacionadas à saúde.

Certamente não há nada de errado com isso, mas é bom ter opções mais convenientes para aqueles que as desejam. A conveniência e transparência adicionais estão tornando a telemedicina uma forma popular de administrar e receber cuidados de saúde, especialmente à medida que os cuidados de saúde se tornam cada vez mais centrados no paciente.

Adote um software específico para a telemedicina

Adote um software específico para a telemedicina

Os médicos nem sempre são os primeiros a adotarem as novas tecnologias e freqüentemente resistem a grandes mudanças em seus fluxos de trabalho, como no caso dos prontuários eletrônicos do paciente. Mas por que isso acontece?

Bem, além de já estarem incrivelmente ocupados e sobrecarregados, nem sempre estão envolvidos o suficiente na criação dessas tecnologias. Como resultado, a equipe da tecnologia nem sempre apresenta produtos e sistemas que atendam às necessidades e os fluxos de trabalho deles.

Os médicos e todos os profissionais que trabalham para a área da saúde sabem que estão em uma posição única. Por isso, a compreensão da prática da medicina é inestimável para a criação de soluções capazes de transformar o mundo! E adotar um software específico para a telemedicina é fundamental.

Então, por que a telemedicina faz sentido para você e sua prática? Uma pergunta melhor poderia ser, por que não? Com uma lista tão longa de benefícios, certamente a telemedicina pode ajudar você a otimizar a sua rotina médica.

Agora que você já sabe por que a telemedicina veio para ficar, que tal entender um pouco mais sobre como gerir as demandas do consultório à distância?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *