O que um software para pequenas clínicas precisa ter?

O que um software para pequenas clínicas precisa ter?

Os softwares para clínicas médicas têm transformado o cenário do setor de saúde. Desde os pequenos consultórios até as grandes clínicas médicas podem se beneficiar dos recursos inovadores deste tipo de ferramenta.

Esses recursos ajudam na entrega de serviços de qualidade e estão em constante evolução e adaptação para acompanhar as crescentes demandas dos prestadores de saúde.

Com tantos softwares com ótimos recursos, como saber quais funcionalidades realmente importam? Qual recurso você pode dispensar e quais são essenciais para sua prática médica?

Por isso, se você quer saber mais sobre o que um software para pequenas clínicas precisa ter, confira o conteúdo que preparamos a seguir!

Por que ter um software médico em pequenas clínicas?

Por que ter um software médico em pequenas clínicas?

O sistema de prontuários eletrônicos funciona em conjunto com um software de clínica médica. No entanto, eles têm funções diferentes. Um sistema prontuário lida com os aspectos clínicos da prática, ou seja, você usa um sistema de prontuários para gerenciar seus registros médicos.

Já o software é responsável também pelo lado administrativo das operações. Você usa um software de clínica médica para cuidar das operações diárias da clínica e também dos prontuários eletrônicos.

Ele cuida de tarefas diárias como o agendamento de consultas, faturamento e coordenação do paciente. Quando você tem essas tarefas automatizadas, sua mão de obra pode ser dedicada a outras tarefas que realmente necessitam de intervenção humana.

O que um software para pequenas clínicas precisa ter?

O que um software para pequenas clínicas precisa ter?

Um software pode ajudar qualquer organização médica a otimizar suas operações, causando um grande impacto no sistema de saúde.

É natural girar em torno de software com o maior número de recursos. No entanto, você precisa garantir que os recursos sejam essenciais para suas operações. Você precisa selecionar um software que pode ajudá-lo a liberar mão de obra porque isso permite que sua equipe passe mais tempo interagindo com seus pacientes.

Confira a seguir alguns dos principais recursos essenciais que um software para pequenas clínicas precisa ter!

1. Agendamento de consultas

O agendamento de consultas é uma parte fundamental de qualquer prática médica e a maioria das clínicas ainda marca as consultas por telefone. Embora isso torne a abordagem mais pessoal, você perde muito tempo fazendo ligações para os pacientes.

Um software de gestão de consultórios pode lidar com o agendamento de pacientes com apenas um clique do mouse. O agendamento do paciente utiliza a tecnologia disponível para facilitar a marcação de consultas e permite que você envie lembretes aos pacientes por meio do método de comunicação de sua preferência. Você pode enviar lembretes por meio de mensagens de texto, e-mails ou chamadas telefônicas.

Você também pode evitar conflitos de agendamento porque o sistema cruza automaticamente a consulta do paciente com a programação do médico.

As clínicas que usam o agendamento automatizado de pacientes têm menos consultas perdidas. Esse recurso também pode ajudar sua organização a economizar dinheiro no papel. O sistema permite que você envie a programação diretamente para o computador do médico – você pode até mesmo enviá-lo para o smartphone ou tablet de um médico.

2. Faturamento automatizado

Um sistema de faturamento eficiente é importante para qualquer organização médica. Embora ainda seja necessário pessoal para controlar o sistema de faturamento, você pode cuidar da manutenção dos registros ao mesmo tempo.

As tarefas de faturamento não se limitam apenas a lidar com o faturamento de um paciente, esse recurso também pode cuidar das cobranças, como enviar cobranças aos pagadores ou responder solicitações. Ele também pode avaliar a saúde financeira de sua clínica e gerar relatórios abrangentes para posterior avaliação e ação.

3. Capacidade de gerar relatórios

Um bom software médico possui uma funcionalidade abrangente de relatórios e você pode usar modelos predefinidos para seus relatórios.

Você também pode criar um modelo personalizado com base nas necessidades de sua clínica. A beleza desse recurso é que você pode facilmente criar relatórios fáceis de ler e analisar. Esses relatórios podem ser para uso administrativo ou para compilar informações do paciente.

Fazer relatórios pode ser demorado. Por outro lado, um relatório gerado por meio de um software pode estar prontamente disponível em apenas alguns segundos. Você pode até controlar quais parâmetros usar para destacar os dados nos quais deseja se concentrar.

Um software médico com capacidade de relatório também pode ajudá-lo a garantir que seu relatório esteja livre de discrepâncias ou erros. Esta é uma maneira conveniente e prática de se comunicar com os pacientes, com seguradoras ou partes interessadas.

Também economiza recursos, pois pode enviar uma cópia eletrônica do relatório para qualquer pessoa ou setor.

4. Prontuário eletrônico do paciente

Este é um recurso que permite a uma organização automatizar seus registros de saúde. Um médico pode salvar eletronicamente dados e estatísticas do paciente em tempo real.

Você pode usar este recurso para preparar os prontuários de um paciente. Ele também pode ajudá-lo a manter o controle dos dados demográficos, históricos, medicamentos e resultados de exames do seu paciente.

Isso torna mais fácil para outro médico obter uma boa compreensão do histórico de um paciente em casos de emergência. Pode alertar o médico se um paciente tem alergia ou intolerância a medicamentos, por exemplo.

Uma vez que todos os dados estão em armazenamento digital, é fácil coordenar com outros médicos. Tudo o que você precisa fazer é enviar o arquivo digital do paciente para outro médico caso ele não tenha acesso ao sistema. Você não precisará carregar uma pasta volumosa com todos os resultados de exames.

Este recurso também pode economizar tempo e melhorar a coordenação entre os departamentos. Os relatórios e resultados de exames podem ser enviados para outro departamento em segundos.

5. Gestão de atendimento e reclamações

Gerenciar o atendimento e as reclamações pode ser demorado. Um software médico com um recurso de gerenciamento de atendimento pode ajudar sua organização médica a automatizar o atendimento e manter um banco de dados completo e atualizado.

Também garante que os pedidos que estão sendo apresentados aos planos de saúde estejam isentos de erros. Isso pode ajudar a reduzir as chances de um pedido de assistência ser negado.

Mesmo que um médico ainda tenha que iniciar o processo de solicitação, um recurso de gerenciamento do atendimento desocupa uma grande parte da carga de trabalho. Você pode então gastar o tempo economizado para outras tarefas que requerem interação pessoal.

6. Gestão otimizada do estoque

O gerenciamento de estoque pode ser complicado e demorado. Imagine ter que garantir que você tenha em estoque todos os suprimentos, equipamentos médicos, amostras farmacêuticas, ferramentas e equipamentos necessários.

Você também precisa certificar se todos eles estão em uma área de armazenamento adequada.

Um software de clínica médica com um recurso de gerenciamento de estoque pode tornar o processo mais fácil. Ele pode ajudá-lo a controlar com eficiência seus estoques, pedidos e ativos.

Você também pode usar esse recurso para solicitar reposição para seus estoques cada vez menores. Imagine como é fácil fazer tudo isso quando você não é forçado a usar a entrada manual de dados.

7. Atendimento automatizado

O bom atendimento não começa quando um paciente entra pela porta de sua clínica. Quando o software da clínica médica permite que você registre os pacientes antecipadamente, ele também garante que você possa fornecer atendimento oportuno para eles.

Você pode usar os recursos automatizados para atender e para pesquisar facilmente as informações do paciente. Você pode manter um banco de dados de informações de planos de saúde e pode usar isso para confirmar a elegibilidade e a cobertura de um paciente e muito mais. Tudo isso vai economizar muito tempo de toda a equipe envolvida.

8. Gestão financeira completa

Um software com gestão financeira completa permite que você analise rapidamente o desempenho de sua clínica. É desnecessário dizer que o desempenho de sua clínica pode revelar o quão bem você é capaz de atender seus pacientes, ou seja, este recurso pode guiá-lo em sua tomada de decisão.

Ele permite que você saiba se é financeiramente viável, por exemplo, adicionar equipamentos ou funcionários em sua equipe. Essa também é uma ótima maneira de identificar áreas de melhoria. Com um painel financeiro fácil de usar, você pode acompanhar a saúde financeira de sua organização de forma otimizada.

Muitas melhorias na tecnologia resultaram em grandes avanços na assistência médica e essas melhorias não devem ser limitadas ao tratamento de pacientes. Um bom software para pequenas clínicas pode ajudá-lo a gerenciar com eficiência sua prática e sua organização médica, simultaneamente.

Agora que você já sabe mais sobre o que um software para pequenas clínicas precisa ter, que tal entender um pouco mais sobre como implementar um software sem mudar a rotina do consultório?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *