7 dicas para otimizar o tempo de atendimento médico

7 dicas para otimizar o tempo de atendimento médico

Você vive lutando contra o relógio para colocar os pacientes na sala de atendimento a tempo? Se pega girando os polegares esperando os pacientes chegarem e, devido aos atrasos ou faltas, acaba perdendo o horário de almoço ou ficando com a agenda sobrecarregada?

Para lidar com tudo isso, temos algumas dicas simples que irão ajudar você a cumprir o seu cronograma e também ensiná-lo a otimizar o tempo de atendimento médico.

Quando você compromete a sua agenda, mesmo que não seja por culpa sua, além dos desafios que precisa enfrentar para atender todas as demandas atrasadas, ainda corre o risco de deixar insatisfeitos os pacientes que aguardam na recepção. O tempo de espera pode parecer uma pequena parte da experiência do paciente, mas pode ter um efeito poderoso em seu nível de satisfação.

Felizmente, existem muitas estratégias eficazes para otimizar o tempo de atendimento médico.

A seguir estão as principais dicas que selecionamos para aumentar a sua produtividade e otimizar o tempo de atendimento médico em hospitais, clínicas e consultórios particulares.

Portanto, se você quer saber mais sobre como otimizar o tempo de atendimento médico, confira o conteúdo que preparamos!

Como otimizar o tempo de atendimento médico?

Como otimizar o tempo de atendimento médico?

A gestão do atendimento médico melhorou drasticamente nos últimos anos, mas muitos profissionais da área ainda não mudaram seus antigos processos para otimizar o tempo de atendimento médico.

Felizmente, existem muitas maneiras de fazer exatamente isso. Aqui estão sete estratégias eficazes para otimizar o tempo de atendimento médico e reduzir o tempo de espera do paciente em seu consultório.

1. Reúna todas as informações sobre o paciente antes do atendimento

Essa dica pode parecer óbvia, mas sempre há espaço para melhorias. A equipe do seu consultório coleta informações sobre planos de saúde e o histórico do paciente ao marcar uma consulta?

As referências e os registros do paciente estão sempre prontos e aguardando no consultório quando o paciente chega? Os pacientes são solicitados a preencher ou enviar todos os formulários necessários antes da consulta? Toda essa coleta de dados leva tempo.

Permitir que os pacientes preencham os formulários no seu tempo e ter todas as informações prontas antes da consulta evita atrasos no atendimento. Além disso, utilizando a tecnologia é possível armazenar tudo em um local seguro, com edições em tempo real e com acesso rápido – de qualquer lugar que o médico esteja.

2. Mantenha uma equipe capacitada e bem treinada

Quer você ainda esteja se ajustando a um novo sistema ou não tenha a velocidade de um digitador profissional, seu tempo deve ser focado na interação com os pacientes em vez de preencher a documentação demorada.

Tente implementar um modelo de atendimento em equipe em que um assistente clínico assume algumas tarefas de documentação adicionais, como coletar o histórico do paciente, gerenciar prescrições e pedidos de teste e até mesmo fazer anotações durante a consulta médico-paciente.

Embora a adoção desse novo fluxo de trabalho possa exigir alguns ajustes e treinamentos, ele pode ajudar a evitar que você se prenda a mais tarefas administrativas e garantir que você passe a maior parte do seu tempo prestando cuidados de alta qualidade aos seus pacientes.

3. Use um software médico seguro

Se você utiliza um sistema médico, provavelmente tem acesso a um recurso de mensagens seguras que fornece uma maneira alternativa de comunicar informações importantes aos seus pacientes.

Embora você possa pensar em mensagens seguras como “apenas mais uma coisa para gerenciar”, elas podem, na verdade, aumentar a eficiência do consultório e também a satisfação do paciente.

A troca de mensagens seguras pode diminuir o número de ligações que seu consultório recebe, eliminar a “etiqueta telefônica” – que demanda muito tempo, os problemas para encontrar os pacientes em um número de retorno de chamada e permite que os médicos e a equipe respondam rapidamente às consultas dos pacientes. Como um bônus adicional, seus pacientes vão adorar o maior acesso ao médico!

Além disso, um software médico seguro é fundamental para proteger os dados sensíveis dos pacientes, estejam eles sendo compartilhados por meio de mensagens ou registrados em prontuários eletrônicos. Apenas as pessoas autorizadas devem ter acesso!

4. Elabore uma pesquisa para identificar os principais gargalos

Às vezes é difícil apontar exatamente onde sua programação diária está saindo do curso. Tente fazer uma pesquisa simples que rastreie a linha do tempo de cada paciente, desde a chegada até a saída.

Quanto tempo eles ficam esperando na recepção ou sala de exames? Quanto tempo dura a consulta com o médico? Lembre-se de usar esta pesquisa em dias e semanas diferentes para obter uma imagem precisa de onde estão os problemas consistentes. Este método também mostra aos seus pacientes que você valoriza o tempo deles.

Para ajudar nessa missão, um software para a gestão de consultórios eficiente será muito útil – automatizando e organizando várias etapas desse processo.

5. Implemente uma política para atrasos e não comparecimentos

Crie uma política para não comparecimentos e chegadas tardias e cumpra-a! Se você ainda não decidiu sobre uma política para lidar com pacientes que não aparecem ou que chegam atrasados ​​para suas consultas, agora é a hora.

Defina um limite de tempo para chegadas tardias. Se um paciente se atrasar mais de 30 minutos, informe que você precisará reagendar. Cobrar dos infratores reincidentes um cancelamento ou multa por atraso para motivá-los a comparecer no prazo.

Certifique-se de avisar todos os pacientes com antecedência sobre suas políticas de todas as maneiras possíveis e considere dar um passe livre e um aviso durante o período de carência. Enfatize que você está fazendo isso porque valoriza o tempo deles tanto quanto o seu.

6. Forneça uma área de recepção adequada

Às vezes, usar todos esses truques pode não ser suficiente para manter o tempo de espera baixo. Por isso, no mínimo, certifique-se de que sua sala de espera proporcione um momento agradável para seus pacientes.

Abastecê-la com revistas e assentos confortáveis, fornecer café e chá de cortesia e oferecer entretenimento gratuito, como Wi-Fi ou TV, pode ajudar muito a otimizar a satisfação do paciente, mesmo quando o tempo de espera não é o ideal.

Banir os tempos de espera pode ser uma meta impossível por enquanto, mas reduzi-los certamente não é. Lembre-se de que longos tempos de espera não significam apenas pacientes insatisfeitos – eles são um sinal de que você precisa aumentar a eficiência de sua prática ou corre o risco de perder receita e pacientes.

7. Adote uma solução para a gestão de consultórios com recursos para telemedicina

Uma solução de telemedicina pode agilizar a coleta de registros de pacientes, evitar não comparecimentos ou chegadas atrasadas e reduzir o tempo médio de visitas ao consultório pela metade.

Além disso, as opções de tratamento remoto fornecem acesso conveniente ao médico em casa para seus pacientes, eliminando efetivamente o tempo gasto em trajetos para o consultório ou na sala de espera.

As soluções de telemedicina são o caminho para um modelo de atendimento futuro sem esperas!

Agora que você já sabe mais sobre como otimizar o tempo de atendimento médico, que tal entender um pouco mais sobre como implementar um software sem mudar a rotina do consultório?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *